Carlos Tavares, o português que está ao leme da Stellantis, acredita que a escassez de semicondutores que tem vindo a afetar os fabricantes e a restringir a produção de automóveis nos últimos meses vai arrastar-se até 2022. A escassez de semicondutores levou a uma quebra de produção da Stellantis de aproximadamente 190 000 unidades no […]

O post Carlos Tavares acredita que a escassez de chips vai continuar em 2022 apareceu primeiro em Razão Automóvel.

fonte: www.razaoautomovel.com

Powered by WPeMatico